You are using Internet Explorer 11 or earlier, this browser is no longer supported by this website. We suggest to use a modern browser.

  • Home
  • Comunicado de imprensa

Press Release

Produtos e soluções Mar 30, 2017 11:00 AM

thyssenkrupp fornece soluções para nova planta da Cementos Pacasmayo no Peru

A thyssenkrupp, por meio de sua área de negócios Industrial Solutions, está entre os principais fornecedores de equipamentos e serviços de engenharia para a nova planta da Cementos Pacasmayo, um dos maiores fabricantes de cimento do Peru. A fábrica, que entrou recentemente em operação e está situada na cidade de Piura (região norte do País), tem capacidade para produzir 1,6 milhão de toneladas de cimento por ano e é considerada uma planta “estado da arte” em termos de tecnologia, com alto índice de automação e baixo consumo energético e de emissões.

Foram fornecidos pela thyssenkrupp equipamentos-chave para a operação da Pacasmayo em Piura, como o sistema completo de produção de clínquer com torre de ciclones DOPOL, o calcinador PREPOL-MSC, o forno rotativo POLRO de duas bases e o resfriador de alta eficiência POLYTRACK. O escopo de fornecimento envolveu ainda soluções para manuseio de matéria-prima, silos de armazenamento, ensacamento e automação completa da planta por meio da implementação do sistema POLCID e de equipamentos automatizados para coleta de amostras e análises de laboratório POLAB.

Considerado uma das tecnologias mais modernas disponíveis no mercado, o sistema que compreende a torre de ciclones DOPOL e o calcinador PREPOL-MSC estão preparados para receber combustíveis alternativos e configurados para reduzir as emissões de NOx.

Já o resfriador POLYTRACK combina um fundo de aeração estático e horizontal responsável pelo resfriamento do clínquer com um sistema de transporte baseado em vigas longitudinais móveis, promovendo a separação entre as funções de resfriamento e transporte. Além disso, o Polytrack possui um britador intermediário, assegurando um resfriamento homogêneo e eficaz de todas as frações de grãos e uma baixa temperatura de saída de clínquer. Outras vantagens são a altura reduzida, o desenho modular, a alta resistência a desgastes e a eficiência térmica.

O sistema de controle de processos POLCID combina o abrangente know-how de engenharia da thyssenkrupp a modernos hardwares e softwares. Com design modular, pode ser configurado de acordo com as especificações de cada projeto, incluindo interfaces que permitam controlar diversos subsistemas da planta. Permite acessar facilmente informações atuais e históricos de processos, atuando como uma fonte única de dados sobre a operação. Aliado a isso, a thyssenkrupp também instalou na nova planta da Pacasmayo o POLAB, um sistema de automação de laboratório pelo qual a retirada e transporte de amostras é feito automaticamente, aumentando a precisão dos dados das respectivas amostras.

“Trata-se, sem dúvida, de um dos empreendimentos de cimento mais modernos que entraram em operação recentemente na América Latina. O projeto de engenharia da planta foi realizado pelo time do Brasil em cooperação com especialistas da empresa na Alemanha”, destaca Guilherme Fasolo, superintendente de vendas da área de cimentos da thyssenkrupp Industrial Solutions no Brasil.

A construção da planta da Pacasmayo em Piura é importante, pois deverá ser a principal fonte de fornecimento de cimento para o próspero mercado do norte do Peru e teve duração de aproximadamente dois anos, cujas obras, durante o pico, envolveram cerca de 2300 trabalhadores.

Com 60 anos de atuação, a Pacasmayo possui mais duas plantas de cimento, uma na cidade de Pacasmayo, com capacidade produtiva de 2,9 milhões de toneladas/ano, e outra na cidade de Rioja, com capacidade de 0,4 milhões de toneladas/ano. Além de cimento, o grupo possui unidades produtivas de cal, agregados, concreto, elementos pré-fabricados e outros materiais de construção.