Skip Navigation

O que nós apoiamos

Para nós, o Compliance é um elemento central de uma boa governança corporativa. Significa muito mais do que seguir as normas e os regulamentos. É uma questão de mentalidade. Diz respeito a cada um de nós na thyssenkrupp, todos os dias, em todos os lugares.

Valores como confiabilidade, franqueza, credibilidade e ética não são palavras vazias para nós, simplesmente permeiam nosso DNA corporativo. Esse é o padrão que aplicamos ao desenvolver nossas medidas estratégicas de Compliance, criando uma cultura de valor que deve ser apoiada conjuntamente e vivida de maneira consistente por todos os colaboradores - e em especial pelos nossos gerentes. Um código de conduta escrito estipula a base de nossas decisões.

Na thyssenkrupp, essa cultura de valor é instituída na nossa declaração de Missão do grupo. Por meio do nosso compromisso de Compliance, o Executive Board toma uma posição firme ao não aprovar infrações de Compliance de todos os tipos. O compromisso claro é apoiado por um código de conduta e por várias políticas do Grupo, em especial nas áreas de anticorrupção e lei antitruste.

A thyssenkrupp representa negócios justos e francos

Mas o mais importante para nós é que a nossa filosofia corporativa seja vivida em todos os níveis do Grupo nos interesses de "boa governança corporativa". Lutamos para garantir que não haja lacunas e déficits sistemáticos, tanto na área de Compliance como em qualquer outro lugar.

Simultaneamente queremos apoiar a coragem empreendedora dentro de um âmbito claramente definido. Enquanto faz parte de nossa filosofia calcular riscos empresariais, cometer e aceitar erros, não vamos correr riscos em relação à Compliance.

Infrações deliberadas de leis e normas internas são inaceitáveis tanto legalmente como em nossa concepção de Compliance.

Então temos três normas:

  1. Averiguamos todos os relatórios de infrações legais e esclarecemos os fatos.
  2. Quaisquer infrações identificadas são interrompidas imediatamente.
  3. Todas as infrações são sancionadas sistemática e apropriadamente com base na política de tolerância zero.

Pessoas cometem erros. Caso um colaborador tenha infringido uma lei sem intenção, admitir o erro e tentar muitíssimo repará-lo, ele merece uma segunda chance - as circunstâncias do caso individual concreto permite. Isso também é uma questão de cultura de valor e justiça ao lidar com o outro.

A thyssenkrupp representa negócios justos e francos - esse é o padrão que buscamos decididamente. Preferimos desistir de um contrato a ganhá-lo infringindo as normas.

voltar ao topo