Skip Navigation
Proteção do clima

Proteção do clima

Proteção do clima: desafio central e oportunidade

Uma proteção climática eficiente e efetiva é um dos maiores desafios da sociedade. Logo, também é um dos principais impulsionadores da nossa estratégia Mais & Melhor, focando nas megatendências globais. A proteção climática é um componente central da estratégia de negócio da thyssenkrupp

As ações de proteção do clima da thyssenkrupp estão focadas em:

  • Melhorias na eficiência interna
  • Soluções eficientes para nossos clientes
  • Fazer parte de iniciativas e diálogos
  • Desenvolvimento de ideias inovadoras, como o gerenciamento de energia, coleta e uso de carbono (CCU)

Vemos o desenvolvimento conjunto de produtos eficientes a curto e médio prazo como uma alavanca essencial para a proteção do clima. Mas em nossos processos de produção nós também procuramos melhorar nossas já eficientes normas.

  • 0.8 milhões t CO2

    Emissões internas que foram evitadas por meio de projetos de eficiência desde 2013/2014

Pegada de carbono da thyssenkrupp

Os processos de produção favoráveis ao clima são um tópico importante em todas as áreas de negócio. As empresas do Grupo procuram abordagens específicas customizadas para seus respectivos processos de modo que a emissão seja reduzida ao menor nível possível. Como parte do nosso programa GEEP de eficiência energética, queremos explorar mais oportunidades de economia de energia e melhorar a eficiência em 3,5 TWh até 2020 – por volta de 1,3 milhão de toneladas de emissão de CO2 evitadas por ano. Os primeiros dois anos do programa produziram ganhos em eficiência de 0,8 milhões de toneladas de CO2. Para ter mais avanços na redução de emissões, a thyssenkrupp está envolvida em iniciativas de pesquisa para explorar processos de produção inovadores. Os cientistas e engenheiros do Grupo também são membros ativos de órgãos nacionais e internacionais envolvidos com questões técnicas, econômicas e sociais relacionadas à proteção climática.

As emissões globais de CO2 da thyssenkrupp são influenciadas principalmente pelo nível de produção de aço e a capacidade de uso associada. A produção de aço é responsável por mais de 90% das nossas emissões. O aumento nas emissões entre 2011/2012 e 2013/2014 ocorreu principalmente por causa da maior produção de aço, e em 2013/2014 também reflete a inclusão dos 50% de participação na Hüttenwerke Krupp Mannesmann GmbH sob as regras da IFRS. Nossas usinas siderúrgicas têm sistemas de gerenciamento de energia sofisticados e operam na chamada "rede de energia", o que reduz as emissões significativamente. Durante a produção do aço, os agentes redutores carvão e coque são adicionados no alto-forno para recuperar o ferro do minério de ferro (óxidos de ferro) em processos de reação química. No ano fiscal de 2013/2014, com um valor ajustado de 1,9 tonelada de CO2 por tonelada de aço bruto, a thyssenkrupp estava bem abaixo da média da produção primária de aço e próxima ao ideal técnico para as tecnologias de produção disponíveis.

voltar ao topo