You are using Internet Explorer 11 or earlier, this browser is no longer supported by this website. We suggest to use a modern browser.

Cadeias de valor de hidrogênio na concepção da thyssenkrupp

eletrólise água hidrogênio verde químicos sustentáveis e-mobility

Eletrólise avançada de água alcalina

Eletrólise de água para produção de hidrogênio verde em larga escala

Com base nas tecnologias de cloro e álcalis da thyssenkrupp Uhde Chlorine Engineers, desenvolvemos uma nova tecnologia avançada de eletrólise de água alcalina. Identificando a necessidade de uma tecnologia com baixo CAPEX e baixo OPEX para manter a rede elétrica em equilíbrio no futuro e fornecer uma fonte contínua de hidrogênio e oxigênio para indústrias de produtos químicos, criamos um conceito modular único para essas aplicações.

Com mais de 200.000 células de eletrólise produzidas até hoje e mais de 600 plantas instaladas em todo o mundo, a thyssenkrupp Uhde Chlorine Engineers fornece conhecimento aprofundado ao entender as necessidades do cliente no que diz respeito a engenharia, aquisição e construção de usinas eletroquímicas.

Principais vantagens/recursos

  • Investimento minimizado
  • Operação robusta contínua e/ou flexível
  • Plantas de mais de 100 MW de capacidade de carga podem ser viabilizadas
  • Soluções one-stop shop e power to X com portfólio de produtos da thyssenkrupp Industrial Solutions Process Technologies

Transição para hidrogênio renovável

eletrólise hidrogênio verde energia renovável células e-mobility

A eletrólise da água é uma solução para o balanço negativo de energia em uma rede de eletricidade e permite a conexão direta com as unidades de produção de eletricidade renovável, uma vez que atende não apenas à geração de energia, mas oferece um portfólio de produtos muito mais amplo. Opções de power to gas, power to fuel, power to heat e power to chemicals estão disponíveis usando essa rota tecnológica. O uso direto de hidrogênio deve revolucionar o setor de transportes com carros, ônibus e caminhões movidos a hidrogênio.

Atualmente, 4% do hidrogênio consumido no mundo já é originado em usinas de eletrólise. Mudanças dramáticas são esperadas no futuro, à medida que aumenta a necessidade de evitar emissões de dióxido de carbono. Juntamente com a produção renovável de hidrogênio via eletrólise da água, a transformação do dióxido de carbono em matéria-prima mudará a forma como os produtos químicos são obtidos hoje.

Na indústria química, o hidrogênio desempenha um papel importante na produção de fertilizantes, como amônia e ureia, e é usado como agente de dessulfuração em refinarias de petróleo. É também necessário para todas as rotas de syngas, por exemplo metanol e gasolina.